238

242

”Ajudando seu filho com câncer a lidar com as mudanças“

O tratamento traz muitas mudanças na vida e na perspectiva de uma criança. Você pode ajudar seu filho, deixando-o ter uma vida o mais normal possível. Converse com a equipe médica para saber as mudanças que seu filho pode ter, para que você possa se preparar com antecedência.

Mudanças na aparência

As crianças podem ser sensíveis sobre como elas aparentam e como as outras pessoas respondem a elas. Aqui estão algumas maneiras de ajudar seu filho:

Prepare para a perda de cabelo

Se o tratamento fizer causar a queda de cabelo no seu filho, deixe-o escolher um gorro, um cachecol e/ou peruca divertida com antecedência.

Esteja ciente das mudanças de peso e de outras mudanças físicas

Alguns tratamentos podem causar perda de peso e outros podem causar ganho de peso. Obtenha orientação de um nutricionista para que você saiba o que esperar e possa ajudar seu filho a se preparar e lidar com as mudanças físicas.

Seja criativo

Você e seu filho podem comprar roupas que ele goste. Às vezes, uma camiseta legal ou um chapéu divertido pode ajudar a elevar o espírito do seu filho.

Ajude seu filho a saber como responder

Às vezes, as pessoas olham, confundem o sexo do seu filho ou fazem perguntas pessoais. Converse com seu filho e desenvolva uma abordagem que funcione. Seu filho pode escolher responder ou ignorar os comentários.

Mudanças nas amizades

As amizades do seu filho são testadas e podem mudar durante uma doença longa e séria. Às vezes, pode parecer que os velhos amigos de seu filho não estão mais “lá para eles” ou que não se importam mais. Pode ajudar se o seu filho der o primeiro passo e procurar os amigos. A boa notícia é que seu filho pode fazer novos amigos através dessa experiência. Aqui estão alguns passos que você pode dar ao seu filho:

Ajude seu filho a manter contato com amigos

Você pode incentivar e ajudar seu filho a se conectar com amigos por meio de mensagens de texto, e-mails, chats por vídeo, telefonemas e/ou sites de mídia social.

Receba dicas e conselhos

Um assistente social ou especialista em vida infantil pode ajudar seu filho a pensar sobre o que gostaria de compartilhar com os amigos. Se possível e quando o seu filho quiser, os amigos poderão visitá-lo.

Mudanças nos sentimentos

Embora ao longo do tempo muitas crianças com câncer lidem bem com essa situação, seu filho pode se sentir ansioso, triste, estressado, com medo ou retraído de vez em quando. Converse com sua filha sobre o que ela está sentindo e ajude-a a encontrar formas de lidar com isso. Você e seu filho também podem se encontrar com um assistente social, especialista em vida infantil ou psicólogo sobre sentimentos que não têm soluções fáceis ou que parecem estar piorando com o tempo. Experimente estas dicas para ajudar seu filho a lidar com emoções difíceis:

Encontre maneiras de distrair ou entreter seu filho

Jogar videogames ou assistir a filmes pode ajudar seu filho a relaxar. Práticas de medicina integrativa, como relaxamento muscular, imagens guiadas e biofeedback, também podem ajudar. Saiba mais sobre abordagens de medicina integrativa na seção Práticas que ajudam as crianças com câncer: Um guia para os pais.

Fique calmo, mas não esconda seus sentimentos

Seu filho pode sentir suas emoções. Se você se sentir triste ou ansioso, converse com a equipe médica do seu filho e com seu médico sobre a melhor maneira de lidar com essas emoções. No entanto, se você costuma esconder seus sentimentos, seu filho também pode esconder os sentimentos de você.

Para obter mais conselhos sobre como lidar com as emoções do seu filho, vá para esta seção: LOOKING AFTER YOUR YOURSELF - EXPLORING & MANAGING FEELINGS

Peça ajuda se vir sinais de depressão no seu filho

É normal que seu filho se sinta deprimido ou triste às vezes, mas se esses sentimentos duram por muito tempo e acontecem na maioria dos dias, podem ser um sinal de depressão. Converse com o médico sobre as mudanças emocionais que você percebe no seu filho.

Para obter mais conselhos sobre como lidar com as emoções do seu filho, vá para esta seção: LOOKING AFTER YOUR CHILD - EXPLORING & MANAGING FEELINGS

Mudanças no horário

Seu filho pode passar mais tempo no hospital e menos tempo na escola durante o tratamento. Aqui estão algumas maneiras de ajudar seu filho a lidar com as longas internações no hospital e o tempo fora da escola.

Internações hospitalares

Estar no hospital pode ser difícil para qualquer pessoa, principalmente crianças. Fotos, pôsteres, jogos e músicas podem ajudar a animar seu filho. E se os esportes estiverem proibidos, aprenda sobre outras atividades como música, jogos ou escrita que possam capturar o interesse do seu filho.

Para obter mais conselhos sobre como lidar com o tempo no hospital, vá para esta seção:

Faltando a escola

A maioria das crianças com câncer falta a escola durante o tratamento. Algumas crianças podem ir de vez em quando, enquanto outras precisam tirar uma licença. Aqui estão algumas maneiras de obter o apoio acadêmico que seu filho precisa durante o tratamento:

  • Reúna-se com o médico do seu filho para saber como o tratamento pode afetar o nível de energia do seu filho e a capacidade de fazer as tarefas escolares. Peça ao médico que escreva uma carta aos professores do seu filho que descreva a situação médica, as limitações e a quantidade de dias na escola que seu filho provavelmente faltará.
  • Mantenha os professores do seu filho atualizados. Diga aos professores e ao diretor do seu filho sobre a situação médica dele. Compartilhe a carta do médico do seu filho. Saiba qual tarefa escolar que seu filho perderá e sobre as formas para seu filho acompanhar, da forma que puder.
  • Saiba sobre a assistência do hospital e da escola do seu filho. Alguns hospitais têm coordenadores de educação e outros têm enfermeiras que podem informá-lo sobre recursos e assistência relacionados à educação.

ESTE ARTIGO TE AJUDOU?