238

242

Dicas e conselhos para ajudar os irmãos a lidar com o câncer

Passando um tempo individualmente

Quando um membro da família é diagnosticado com câncer, pode ser difícil para os pais passarem um tempo com seus filhos. Uma maneira de focar sua atenção e cuidado é agendar uma sessão semanal de 30 minutos com sua criança ou adolescente. Isso os ajudará a se sentirem importantes, valorizados e compreendidos.

Se você tiver mais de um filho, talvez seja necessário alternar semanas dependendo dos seus níveis de energia.

Uma criança mais nova pode não ter desenvolvido o raciocínio ou as habilidades de linguagem para descrever como está se sentindo, mas uma sessão de brincadeira pode ajudar a criança a expressar sentimentos, compreender os eventos e entender o mundo. Eles podem:

  • encenar uma história com brinquedos ou fantoches
  • usar uma fantasia
  • desenhar ou pintar
  • jogar
  • falar sobre sua experiência.

Durante a brincadeira, comente o que eles estão fazendo usando empatia ou observação, o que permitirá que saibam que você está interessado no que eles estão fazendo, dizendo e sentindo. Eles podem brincar sozinhos ou convidar você para brincar com eles. Evite fazer perguntas ou corrigir seu filho. Desta vez é para eles liderarem o caminho. O jogo deles pode revelar um mundo interior que você nunca saberia.

É comum os adolescentes preferirem passar mais tempo com os amigos, mas eles podem gostar de ir a um café favorito, passear, assistir a um filme ou ouvir música com você.

Mantendo a disciplina

A questão da disciplina é uma preocupação comum para as famílias que enfrentam o câncer. Manter os limites e a disciplina habituais da família durante esse período pode fortalecer o senso de segurança dos seus filhos e sua capacidade de lidar com eles.

Manter as tarefas das crianças, incentivar bons hábitos de estudo, chamar atenção por comportamentos inadequados e aderir às horas normais de dormir - tudo exige supervisão contínua de adultos.

Já é difícil manter as regras da família quando você está em forma e saudável, imagina quando está lidando com os efeitos emocionais e físicos de cuidar de alguém com câncer. Alguns pais dizem que se sentem culpados por colocar toda a família sob o estresse do câncer, de modo que não querem continuar pressionando os filhos para fazer o dever de casa e as tarefas domésticas.

Algumas crianças podem se comportar mal para chamar atenção que sentem que estão perdendo. Não há problema em alterar as regras ocasionalmente, mas tente manter os limites da sua família o melhor que puder. Deixe os adolescentes saberem que as regras usuais se aplicam à hora de chegar em casa, ao uso de drogas e álcool e ao sexo inseguro.

Embora alguma flexibilidade possa ser razoável neste momento, um conjunto previsível de limites e expectativas pode ajudar a manter um senso de vida normal e será reconfortante para crianças e jovens.

Encorajando as crianças a ajudarem

Quando uma família está lidando com um diagnóstico de câncer, as crianças podem precisar assumir responsabilidades extras. Se os seus filhos acharem que estão sendo úteis, isso pode aumentar a autoestima deles, porque mostra que você os valoriza e precisa deles.

As crianças pequenas podem ajudar com tarefas simples (veja a caixa nesta página para obter ideias). Com crianças mais velhas e adolescentes, é razoável querer que eles ajudem mais em casa, mas fale com eles primeiro. É importante negociar tarefas com adolescentes: evite sobrecarregá-los e tente compartilhar tarefas de forma justa entre todos os membros da família. Os trabalhos que precisam ser feitos não são necessariamente óbvios para eles, então discuta prioridades e como as tarefas podem ser divididas.

Ao pedir aos adolescentes que ajudem, lembre-se de que é apropriado para eles passar algum tempo com seus amigos. Perder a oportunidade de socializar com seus colegas pode fazê-los se sentir ressentidos em um momento difícil e afetar sua autoestima.

Ajudando em casa: a Internet é uma boa fonte de informações sobre tarefas apropriadas em casa para crianças de todas as idades. Tente procurar por “tarefas adequadas à idade”. Algumas possibilidades incluem: Idades de 2 a 4 anos • guardar os brinquedos • colocar os livros na prateleira • colocar as roupas no cesto de roupa suja Idades de 4 a 8 anos • colocar a mesa • combinar meias • ajudar a arrumar as camas • ajudar a limpar a poeira • ajudar a arrumar as compras Idades de 8 a 12 anos • arrumar a cama • dar comida aos animais de estimação • passar o aspirador na casa • colocar a louça na máquina e guardá-la • limpar o quintal Acima de 12 anos • cozinhar refeições simples • limpar a cozinha • limpar o banheiro • limpar a geladeira • lavar e estender as roupas • lavar a louça • lavar o carro

Mantendo contato

Se você mora no interior e precisa viajar para tratamento, ou se tiver em internações hospitalares prolongadas, poderá ficar longe da sua família por longos períodos. Em alguns casos, ambos os pais podem precisar viajar para um hospital importante e deixar o restante dos filhos com parentes ou amigos. As dicas a seguir podem ajudá-lo a manter contato. Elas também podem ser úteis se você não precisar sair de casa, mas quiser maneiras extras de se comunicar com seus filhos.

  • Peça aos seus filhos para fazer desenhos e tirar fotos para enviar para você.
  • Defina um horário para ligar para casa todas as noites quando estiver fora e, em seguida, leia uma história favorita em conjunto pelo telefone ou por chamadas de vídeo (por exemplo, Skype e FaceTime).
  • Escreva uma carta à moda antiga. As crianças adoram encontrar correspondência endereçada a elas na caixa de correio.
  • Envie um e-mail ou uma mensagem gravada.
  • Deixe bilhetes e surpresas para as crianças encontrarem, como um bilhete em uma lancheira.
  • Conecte-se através de mídias sociais ou blogs pessoais.
  • Use aplicativos de telefone de mensagens privadas para bate-papos individuais com adolescentes.
  • Se puderem visitar, as crianças podem trazer cartões ou fotos de casa, flores colhidas no jardim ou um brinquedo para “lembrar delas” no hospital

ESTE ARTIGO TE AJUDOU?