238

242

O que posso fazer para ajudar um amigo que tem um filho com câncer?

“Tem algo que eu possa fazer para ajudar?” - é totalmente normal perguntar isso se você souber que um membro da família, amigo ou colega foi diagnosticado com câncer. Tenha em mente que o mundo desse pai/mãe foi virado de cabeça para baixo e eles podem não saber por onde começar quando oferecem ajuda. Por isso, facilite para eles. Faça uma oferta específica e prática. Geralmente, os pais apreciam o apoio que recebem da família e dos amigos. Não precisa ser um grande gesto, as pequenas coisas significam muito.

Não perca a paciência porque você não tem ideia de como fazer isso, esperando a família ajudar. A família está certamente em caos e trauma, e provavelmente não sabe como, se ou quando se procurar…

Há muitas maneiras de dar apoio encorajador e ajuda significativa. Aqui estão alguns exemplos do que você pode oferecer à família:

Ideias principais para apoiar um pai/mãe

1Deixe-os saber que
você está pensando neles

Quer seja pessoalmente, por telefone, por mensagem direta/privada nas redes sociais, mantenha-se em contato. Saber que você se importa é muito importante. Eles podem não responder, mas garanta a eles que você não espera uma resposta.

2Arrange a
hospital visit

Muitas famílias podem não querer visitantes logo após o diagnóstico. Elas podem precisar de tempo para ficar juntas como uma família, ou talvez estejam preocupadas com os riscos de infecção.

Sempre pergunte antes de ir visitar. Assim que a família se sentir mais à vontade com a nova rotina, pergunte-lhes diretamente: “Será que uma visita agora seria conveniente?” E também “Quanto tempo devo ficar?”.

Você pode visitar quando a criança estiver em casa ou no hospital. Em caso afirmativo, verifique o horário de visita com o hospital, observe os avisos colocados na unidade, especialmente sobre as precauções que você deve tomar, como lavar as mãos e usar máscaras e luvas, e quantos visitantes são permitidos no quarto. Entenda se a família lhe pede para sair. Você pode oferecer um lanche ou um presente para que sua visita não seja imposta ao cuidador.

Tente também visitar em outros horários que não sejam nos fins de semana ou feriados, quando outras pessoas podem visitar. Uma manhã de terça-feira pode ser tão solitária quanto uma noite de sábado, se não mais.

Por último, mas não menos importante, sempre relembre a sua próxima visita para que o seu amigo esteja preparado.

3Ajude com as
outras crianças

Você pode pegar as outras crianças na escola ou no berçário, tomar conta delas ou passar a noite com elas? Ter um filho no hospital pode perturbar a rotina da família, e as ofertas de cuidados infantis não só ajudarão na prática, como também poderão oferecer aos irmãos alguma distração e diversão. Muitas vezes, os pais se preocupam com os irmãos que se sentem deixados de fora, então passeios e pequenos presentes podem significar muito.

4Cuide das
tarefas domésticas

Não é só porque uma criança está no hospital que as responsabilidades dos pais vão parar. Você pode dar uma ajuda cortando a grama, limpando a casa, passando roupa... Se você puder comprar mantimentos ou preparar refeições caseiras, isso também será uma preocupação a menos para os pais. Refeições que podem ser congeladas e reaquecidas depois podem ser especialmente úteis.

Muitos sites permitem que você crie um cronograma de tarefas ou entrega de alimentos. Esses sites permitem que os pais comuniquem facilmente o que precisam, ao mesmo tempo em que você pode ajudar. Eles recrutam amigos, vizinhos e familiares, para que os pais não se sintam sobrecarregados.

5Surpreenda
eles

No hospital, o custo de refeições, bebidas e itens como revistas pode aumentar rapidamente. Descubra quais lojas ou restaurantes estão dentro ou perto do hospital e compre um cartão-presente.

7Trate das
atualizações

Muitos pais estão cansados de responder às mesmas perguntas repetidamente. Você poderia se oferecer para fazer ligações, responder e-mails ou fornecer atualizações nas mídias sociais. Apenas verifique com os pais quais informações podem ser compartilhadas e com quem.

8 Faça um
pacote de cuidados

Os pais tendem a colocar suas próprias necessidades por último quando seus filhos estão gravemente doentes. Por que não criar um pacote de presente com um toque pessoal? Alguns bons artigos de higiene pessoal e creme para as mãos, ou uma caixa de lanches saudáveis, podem ser muito apreciados. Para a criança, envie vários presentes pequenos, que podem ser desembrulhados como presentes quando precisarem de um reforço para ajudá-los a fazer exames ou tratamento.

9Ofereça a
eles um descanso

De vez em quando, os pais só precisam se afastar um pouco. Se você estiver visitando o hospital, convença-os a dar uma caminhada, ir às lojas ou tomar um café enquanto você fica com a criança. Ir ao cinema, a um jogo de futebol ou a um passeio no parque são algumas maneiras de animar alguém. Escolha algo que eles gostarão e faça companhia a eles.

10
Ouça.

As coisas mais significativas e úteis são pequenas...como ouvir. Está tudo bem dizer: “Isso é muito difícil. Não sei o que dizer.” É uma maneira de reconhecer a situação em vez de fingir que não está acontecendo. E então deixe o pai/mãe compartilhar o que ele/ela precisa dizer. Deixe-os saber que você estará do lado deles sempre que precisar falar, chorar ou gritar...

11Fique em contato 
após o tratamento

Mesmo que o paciente e a família superem o tratamento, eles ainda estão sofrendo seus efeitos. Talvez a criança esteja atrasada na escola, os irmãos estejam com dificuldades desde o momento em que não tiveram o pai/mãe. Pode haver problemas financeiros, perda de emprego. Você ainda pode ajudar com alimentos, consultas médicas, creches ou financeiramente. Demora muito tempo para sair da crise.

O que evitar

É importante evitar conselhos não solicitados, frases triviais ou dizer que você sabe como eles se sentem, a menos que tenha passado pela mesma situação. Só ofereça conselhos se for pedido. Além disso, este não é um bom momento para compartilhar seu conhecimento sobre estatísticas de câncer ou taxas de mortalidade.

Às vezes, quando não sabemos o que dizer, podemos dizer algo errado de forma não intencional. Veja algumas frases a evitar:

  • Tudo acontece por uma razão.
  • Você já tentou o tratamento x? Eu li online que ajuda a curar o câncer.
  • Eu sei exatamente como você se sente.
  • Eu não sei como você faz isso. Eu nunca conseguiria enfrentar isso.
  • Vai ficar tudo bem.

Em vez disso, concentre-se em expressar compaixão e deixá-los saber que você está preocupado e quer ajudar.

ESTE ARTIGO TE AJUDOU?