238

242

Prepare-se para visitas hospitalares e de centros de tratamento

O tratamento do câncer pode envolver visitas pequenas, porém frequentes, aos hospitais (dias de tratamento) ou até mesmo estadias maiores (tratamentos de um dia para o outro). Estas visitas podem ser encaradas de forma estranha para pessoas de qualquer idade, principalmente para crianças.  Talvez você possa se preocupar que seu filho possa ficar ansioso ao ver pessoas com câncer ou em tratamento nos hospitais. E caso seja você o paciente com a doença, você pode acabar se preocupando com a sua separação de seus filhos.

Sempre pergunte a seus filhos se eles querem ir aos centros de tratamento ou aos hospitais. Caso eles prefiram não ir, não insista.

Se eles estiverem interessados pela visita, as instruções abaixo podem ajudar a prepará-los.

  • Antes de entrar no hospital, explique o que eles devem esperar da visita e o que irão encontrar: os equipamentos; diferentes cheiros e barulhos (campainhas, apitos); o estado dos pacientes (tubos, curativos, bolsas de coleta de urina ao lado da cama); e o fluxo contínuo de médicos e enfermeiros entrando e saindo das salas para avaliar os pacientes.
  • Você pode combinar com a equipe de enfermagem para que a criança possa olhar figuras ou até mesmo os equipamentos em salas vazias antes de visitar seus irmãos com câncer.
  • Se seus filhos não estiverem querendo ir ao hospital, sua primeira visita poderá ser apenas até a sala de estar/espera. Porém, confirme que as crianças estejam de acordo com isso, senão existe a opção de mandarem cartas ou falarem por telefone com o paciente, caso prefiram.
  • Deixe que seus filhos decidam quanto tempo gostariam de ficar no hospital. Crianças menores podem ficar entediadas mais facilmente e podem querer ir embora mais cedo. Uma forma de distração é pedir para que comprem uma revista ou até mesmo uma bebida na loja de conveniência do hospital.
  • Leve sempre um amigo ou familiar junto. Eles poderão retirar as crianças da sala caso eles não se sintam bem e leva-los para caso necessário.
  • Leve materiais de desenho, livros ou até mesmo brinquedos para deixá-los distraídos e ocupados. Crianças mais velhas podem se interessar em jogar cartas ou jogos de tabuleiro com você.  Ou vocês podem apenas ouvir músicas e assistir TV juntos.
  • Se o tempo de permanência no hospital for longo, peça para que as crianças façam com que o quarto fique confortável com um porta retrato ou um desenho que eles façam ou tenham feito.
  • Após a visita, pergunte a eles como se sentem e responda todas as perguntas que eles, talvez, tenham.
  • Peça ajuda a equipe do hospital. Os enfermeiros e assistentes sociais do hospital são experientes e sensíveis às necessidades das crianças durante este momento difícil e podem conversar com elas se for necessário.

ESTE ARTIGO TE AJUDOU?