238

242

Quais são os cânceres infantis?

Como o câncer afeta o corpo?

Normalmente as células de seu corpo trabalham de um modo controlado; elas dividem-se e formam novas células para substituir as células antigas. Quando uma pessoa é acometida pelo câncer, as células do corpo começam a se multiplicar de uma maneira descontrolada. Elas causam lesões na parte do corpo onde primeiro iniciam a multiplicação descontrolada (tumor primário) e podem se espalhar para outras partes do corpo (tumor secundário ou metástase).

O cânceres das crianças são diferentes dos cânceres do adulto. Os fatores que causam câncer no adulto, tais como tabagismo e produtos químicos, não causam os cânceres das crianças. Os cânceres das crianças ocorrem em partes do corpo diferentes daquelas dos cânceres do adulto. Estes tipos de cânceres têm aparência diferente sob o microscópio e respondem de maneira diferente ao tratamento. Os índices de cura dos cânceres das crianças são superiores aos dos adultos.

Na maioria dos casos, nós não sabemos por que as crianças têm câncer. Mas as pesquisas irão encontrar as causas. Sabemos que é muito raro outra criança em uma família desenvolver câncer. Às vezes duas ou três crianças na mesma escola ou cidade desenvolvem câncer, mas até onde temos conhecimento, isto é uma coincidência. Ao longo dos últimos quinze anos, os índices de cura e os índices de remissão têm melhorado. Isto é devido à disponibilidade de tratamentos melhores, de uma abordagem intensificada da equipe multidisciplinar, e do acesso a mais informações provenientes de pesquisa e ensaios clínicos. As hospitalizações são mais curtas e muitos procedimentos e tratamentos agora são feitos como procedimentos ambulatoriais e não exigem internação.

Tipos de Câncer

O fluxograma seguinte relaciona os cânceres infantis comuns e os exames e tratamentos disponíveis para diagnosticar e tratar estes cânceres infantis.

Cânceres Infantis

Tumores sólidos

Alguns tipos comuns são:

  • Tumor de Wilms
  • Tumores ósseos
  • Linfomas
  • Neuroblastoma

Leucemias

  • Leucemia Linfoblástica Aguda – LLA (tipo mais comum em crianças)
  • Outras leucemias
  • Leucemia mieloide aguda – LMA
  • LMMC Juvenil
  • LMC

Tumores do Sistema Nervoso

  • Meduloblastoma
  • Ependimoma
  • Outros tumores cerebrais ou da medula espinal

Exames e investigações para diagnosticar os cânceres infantis

  • Exames de sangue
  • Radiografias
  • Exames por imagem
  • Exames da medula óssea
  • Punções lombares

Exames e investigações para diagnosticar os cânceres infantis

  • Quimioterapia (terapia com medicamentos)
  • Radioterapia
  • Cirurgia

Os cânceres infantis são comumente classificados como tumores sólidos, leucemias e tumores do sistema nervoso central.

Diagnosticando o câncer nas crianças

Com o objetivo de verificar se algumas células cancerosas estão presentes, o especialista em oncologia normalmente irá solicitar alguns exames para fazer um diagnóstico preciso e avaliar a saúde geral da criança. Os exames também irão permitir que o especialista saiba onde o câncer começou e se espalhou-se para outras partes do corpo, o que é chamado de estadiamento.

Lembre-se de que nem todas as crianças são submetidas a todos os exames ou procedimentos. O especialista em oncologia irá decidir quais exames são importantes, com base em cada caso individual.

Fazer os exames pode atrasar o início do tratamento por alguns dias, mas estes exames são importantes para reunir todas as informações para que o tratamento correto seja administrado. As descrições de vários exames e procedimentos estão disponíveis aqui [LINK Exames e procedimentos para diagnosticar o câncer].

Alguns dos exames são repetidos durante o tratamento para monitorar o progresso e verificar quaisquer efeitos colaterais. Alguns exames e procedimentos são dolorosos. Rotineiramente são utilizadas medicações e técnicas para controle da dor, para reduzir uma possível dor e ajudar a criança durante um procedimento doloroso. Solicite informações às pessoas da equipe que acompanha o tratamento de seu filho sobre o controle da dor.

Assim que ficar estabelecido exatamente que tipo de câncer seu filho tem, o especialista em oncologia irá fornecer informações detalhadas sobre o câncer e o tratamento específico. Um plano escrito, chamado registro médico, irá mostrar quando seu filho receberá tratamento. Você pode solicitar uma cópia deste registro. Se tiver quaisquer dúvidas, pergunte ao especialista em oncologia, a um dos médicos da ala de oncologia ou ao seu enfermeiro coordenador clínico.

O tratamento depende do tipo específico de câncer e do quanto ele se espalhou. Há três tipos principais de tratamento: quimioterapia (terapia com medicamentos), radioterapia, e cirurgia. Nem todas as crianças irão necessitar de todos os três tipos de tratamentos, seu especialista irá discutir o tratamento necessário para tratar do câncer de seu filho. Para saber mais sobre tratamentos, consulte o seguinte artigo: [LINK Exames e procedimentos para diagnosticar o câncer].

ESTE ARTIGO TE AJUDOU?