238

242

Um portal internacional sobre o câncer infantil

Além do teste emocional dos pais confrontados com o câncer de seus filhos, acabam por se acrescentar problemas logísticos, questionamentos sobre a maneira de anunciar o diagnóstico, necessidade de acompanhamento diante do impacto da doença sobre seu filho, sua família, seu estado emocional e físico.

Essas dificuldades muitas vezes reforçam a sensação de isolamento dos pais face a numerosas questões sobre esse universo perturbador e desconhecido.

Então, o comitê de especialistas criou um espaço digital, onde as crianças, famílias e pessoas próximas podem encontrar orientações e informações para melhorar a qualidade de vida da criança durante a doença.

Um portal simples e exclusivo, com conteúdos confiáveis, para as crianças, pais, irmãos, irmãs e pessoas próximas

Se os pais têm o hábito de recorrer à Internet, muitas vezes é necessário ter paciência para encontrar informações exatas e compreensíveis.

Projetado como um "hub", uma espécie de "Google" para o câncer pediátrico, o portal foi criado para economizar tempo e fornecer informações completas e depoimentos de qualidade. Para oferecer o melhor que existe na Internet para ajudar e acompanhar as famílias, o site agrupa todos os recursos existentes e validados pela comunidade e realiza diariamente a curadoria das informações.

“Milhares de questões vêm à cabeça desde o diagnóstico do câncer de seu filho. Nem sempre temos tempo para fazer as perguntas aos médicos, ou o desejo de fazê-las em voz alta. Mesmo as equipes de enfermagem podem não saber responder essas perguntas” Ruth Hoffman, Presidente da Childhood Cancer International

Um espaço humano centrado na qualidade de vida e organizado por perfis Concebido para ser útil, prático e de fácil utilização, este portal é organizado em torno de informações e orientações que abrangem três áreas principais da vida diária:

  • a comunicação com seu filho(a), parceiro(a), médico(a), escola, trabalho
  • os sentimentos vivenciados durante as várias etapas e evolução da doença e as fases do tratamento
  • o dia a dia, abordando temas essenciais como o estresse, a fadiga, a alimentação, os auxílios úteis e disponíveis, a noção do tempo...

“Estou muito feliz com o lançamento internacional deste programa, porque o desafio da qualidade de vida para pacientes infantis e suas famílias não termina nas fronteiras da França.” Catherine VERGELY, secretária geral da UNAPECLE

ESTE ARTIGO TE AJUDOU?